terça-feira, 26 de julho de 2016

Lista de candidatos do PSD/Açores às Legislativas Regionais

A Comissão Política Regional do PSD/Açores anunciou a aprovação das listas de candidatos às eleições regionais de 16 de outubro, que incluem sete novos cabeças de lista, dois dos quais mulheres.


CÍRCULO ELEITORAL DO CORVO

1. Cátia Nunes
2. Guilherme Nunes
3. Luis Pimentel
4. Deolinda Reis
5. Fábio Fraga
6. Maria dos Milagres Felicidade
7. Nuno Câmara
8. Clementina Costa
9. Rogério Rodrigues
10. Raul Trindade

CÍRCULO ELEITORAL DE SÃO JORGE

1. António Oldemiro das Neves Pedroso
2. Paulo Jorge Oliveira Teixeira
3. Paula Maria Bettencourt Sequeira Amarante
4. Carla Patrícia Silva
5. Luís Carlos Freitas Cabral
6. Hélio Francisco Almeida Amaro
7. Elmiro Brasil Cabral
8. Ana Paula Silveira Silva
9. Carlos Valdemar Leonardes Pimentel
10. Renato Luís de Sousa Bettencourt
11. Mariana Costa Fernandes
12. Óscar Asdrualdo Góis Melo

CÍRCULO ELEITORAL DE SANTA MARIA

1. Paulo Henrique Parece Baptista
2. Elisa Lima Sousa
3. Daniel da Silva Gonçalves
4. Leonor Chaves Batista
5. Celso Sousa Resendes
6. Maria Inês Almada Moura
7. Marco André Braga Carvalho
8. Carla Maria de Melo Sousa da Costa Carreiro
9. Sandro Eduardo Neto Soares
10. Hélio Gonçalo Freitas

CÍRCULO ELEITORAL DO FAIAL

1. Carlos Manuel da Silveira Diogo Ferreira
2. Luis Carlos Correia Garcia
3. Maria Cristina Azevedo Abrantes
4. Eduardo Humberto Silveira Pereira
5. Ilidia Maria da Silva Fialho Quadrado
6. Raquel Sofia Barbosa Gomes
7. Estevão Faria Gomes
8. Cláudia Sofia Medeiros Esteves
9. Dário Filipe Melo Silveira
10. Catarina Maria Coelho da Silveira Rosa
11. Vitor Manuel Moitoso Vargas

CÍRCULO ELEITORAL DA GRACIOSA

1. João Bruto da Costa
2. Bruno Silveira
3. Maria do Livramento Silva
4. Cátia Melo
5. Carlos Pamplona
6. Cláudia Veiga
7. Élia Mendonça
8. Hugo Melo
9. António Machado
10. Sandra Picanço
11. Hélia Teves

CÍRCULO ELEITORAL DA TERCEIRA

1. Mónica Reis Simões Seidi
2. César Leandro Costa Toste
3. Luis Miguel Forjaz Rendeiro
4. Maria Judite Gomes Parreira
5. Délio Francisco Freitas Ormonde Borges
6. Rui Miguel Mendes Espínola
7. Eduarda Maria Parreira Sousa
8. João Luís Silva Ormonde
9. Rómulo Ficher Correia
10. Ana Maria Santos Silva Cardoso
11. Kathleen Valadão Aguiar
12. Luis Alberto Garcia C. Pereira Costa
13. Vitória Carolina Sousa Silva
14. Hélio Toledo Gonçalves
15. João da Silva Madruga

CÍRCULO ELEITORAL DO PICO

1. Marco Costa
2. Jorge Jorge
3. Salomé Gomes
4. Rui Martins
5. Ana Prata Evangelho
6. Francisco Ávila
7. Isabel Neves
8. Marla Dutra
9. Emídio Melo
10. Mário Silva
11. Joana Rosa
12. Cristina Soares

CÍRCULO ELEITORAL DAS FLORES

1. Bruno Belo
2. Cecília Estácio
3. José Costa
4. Alice Rocha
5. Rita Rodrigues
6. Adriano Câmara
7. Adelina Silveira
8. Vera Furtado
9. Diogo Vieira
10. José Augusto Baldes

CÍRCULO ELEITORAL DE SÃO MIGUEL

1. Duarte Freitas
2. Luis Mauricio
3. Maria João Carreiro
4. António Almeida
5. Jaime Vieira
6. Catarina Furtado
7. António Vasco Viveiros
8. Francisco Gaspar
9. Sabrina Furtado
10. Joaquim Machado
11. Flávio Soares
12. Catarina Borges
13. Luís Lima
14. Hernâni Costa
15. Eunice Santos
16. Rui Amaral
17. Dâmaso Vasconcelos
18. Eunice Sousa
19. Jorge Santos
20. Bruno Benevides
21. Paula Falcão e Silva
22. Nelson Furtado
23. Carlos Braga
24. Vitória Couto
25. Mário Chaves Gouveia
26. António Marinho

CÍRCULO REGIONAL DE COMPENSAÇÃO

1. António Marinho
2. Joaquim Machado
3. Eunice Sousa
4. Rui Espínola
5. Carla Patrícia Silva
6. Estevão Gomes
7. Cátia Melo
8. Adriano Câmara
9. Leonor Batista
10. Luís Pimentel
11. Luís Maurício Santos
daqui

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Portugal “Exit”

Os britânicos votaram pela sua saída da União Europeia. Well done guys!!! Espero que agora outros Estados europeus sigam este exemplo e marquem referendos para que o Povo, soberano, se possa libertar das amarras dos tecnocratas de Bruxelas, liderados pelo IV Reich da Fuhrer Merkel.
Sempre defendi que a entrada de Portugal seria um erro, teria preferido e ainda prefiro, que Portugal tivesse mantido a sua tradição de abertura ao Mundo e se tivesse expandido para as Américas, África, Ásia, Oceania e Médio Oriente. Poderíamos e ainda podemos, ser uma plataforma giratória de negócios e comércio entre todos os continentes em vez de sermos marionetas nas mãos de uma Europa de que só fazemos parte por um acidente geológico. Portugal só está na Europa porque as Placas Euro-Asiática, Africana e Norte-Americana abrandaram os seus movimentos uns milénios antes do tempo.
A União Europeia colonizou Portugal a troco de milhões, que serviram para muitos investimentos, é certo, mas também para transformar muitos políticos e empresários em multi-milionários. Estávamos com fome e em vez de nos ensinarem a 'pescar' deram-nos peixe mantendo-nos prisioneiros de regras acéfalas que esquecem as pessoas e a nossa integridade enquanto Estado e principalmente Nação, coisa que poucos ou nenhuns 'parceiros' europeus se podem orgulhar de acumular: serem um Estado e ao mesmo tempo uma Nação. É já tempo dos portugueses voltarem a senhores do seu destino, sem terem que prestar contas a Bruxelas, que pouco quer saber dos nossos interesses se estes colidirem com os deles.
Será isto ser Nacionalista? Provavelmente será e isso deixa-me orgulhoso, sou Nacionalista porque sou português e não quero ser europeu. Sou Nacionalista porque privilegio as relações comerciais, ou outras, com os países que falam português e com quem temos verdadeira afinidade, do que com os outros. Sou Nacionalista porque quero ser eu a decidir as nossas leis e 'quotas' e não um bando de tecnocratas em Bruxelas que há uns anos pagaram para destruir a nossa frota pesqueira para que outros aqui pudessem vir pescar, em nome dessas mesmas 'quotas'. Sou Nacionalista porque a nossa cultura é 'mulata' e não 'loura e de olhos azuis', Sou nacionalista porque gosto de carne de porco e enchidos. Sou Nacionalista porque gosto que 'água pé' e vinho caseiro. Sou nacionalista porque quero ser tratado como gente e não como um número, que nem sequer era 'primo' para Bruxelas. Sou Nacionalista porque tenho orgulho no meu passado. Sou Nacionalista porque antes da União Europeia já nós mantínhamos um 'mercado comum' com África, com  a Ásia, com a Oceânia e com as Américas. Sou Nacionalista porque o que é bom para os alemães, espanhóis, holandeses ou belgas não quer dizer que o seja para nós. Sou Nacionalista porque sou português e. apesar de tudo, disso tenho orgulho. Sou Nacionalista porque para mim os portugueses e todos os povos que falam português estão primeiro e só depois é que vêm os outros. Sou Nacionalista porque se for preciso defender Portugal, Brasil, Cabo Verde, São Tomé, Guiné-Bissau, Angola, Moçambique ou Timor estarei na primeira linha. Sou português, de Portugal e todos os outros meus irmãos que partilham a mesma língua e os mesmos traços culturais, de alma e coração, não sou europeu.
Que se faça um referendo em Portugal e eu estarei na luta pelo PTEXIT, contra a Europa e os políticos, empresários, banqueiros e tecnocratas portugueses que se esquecem que somos gente e não apenas números que, por eles manobrados, apenas servimos para lhes encher os bolsos. Sou dono do meu destino e não refém de Bruxelas e dos seus lacaios.
José Carlos Soares, jornalista, na sua página do facebook